18 de setembro de 2019

Coreografias e bailarinos(as) agraciados com vagas em outros festivais e cursos específicos:

Além desses certificados abaixo, todas as coreografias que ficaram em 1º lugar estão selecionadas para o Grand Prix Faces de Dança 2019/2020, que acontece no Rio de Janeiro, com um desconto de 30% sobre as taxas das inscrições. Clique nas imagens para aumentá-las.











Notas por jurado por quesito de cada coreografia

Clique na imagem para abrir o arquivo

10 de setembro de 2019

Notas finais de cada coreografia por Modalidade e Categoria...

Clique na imagem para abrir o arquivo

Considerações Finais...


O Brasil é riquíssimo em danças de todos os tipos e jeitos. A dança pode existir como manifestação artística, como forma de divertimento ou até mesmo como complementos em cerimônias sociais. Atualmente, a dança se manifesta não só no palco, mas também em variados lugares. Nas ruas, nas escolas, nas academias ou em qualquer outro ambiente em que for contextualizado o propósito artístico. Existem no Brasil inúmeros bons festivais de dança e, entre esses está o Salto Fest Dance - Encontro Latino Americano de Danças. Com muito trabalho e determinação, atingimos um nível de excelência em nossos festivais. esta edição de 2019, foi um 'baita' evento mas, creiam, ainda há muito a ser melhorado!
Festivais de dança são considerados parte primordial da formação artística de todo bailarino. É um momento relevante e emocionante, quando o resultado de um trabalho construído durante todo um período, pode ser apresentado para uma avaliação técnica feita por especialistas. É ainda uma chance única, para bailarinos e dançarinos, a interação com o palco e com público. Quem vive ou já viveu um desses momentos, ainda que não tenha seguido carreira na dança, deve se lembrar do gosto especial dos festivais de dança e o imaginário que envolvem e despertam em cada uma das etapas que vão costurando o desejo de dançar. Isso começa na escolha do tema, depois a seleção das músicas, a prova dos figurinos, as exaustivas limpezas coreográficas, os ensaios que parecem não ter fim, o abrir das cortinas, o frio na barriga, os acertos, as falhas e, por fim, o aplauso como reconhecimento de todo esse trabalho. Essa deve ser a essência de um festival.
Afinal, quando vemos um bailarino ou bailarina de excelente nível, podem ter certeza que passou por vários festivais. Foi avaliado, aplaudido, criticado e por vezes, injustiçado.
O Salto Fest Dance tenta ser o melhor possível na sua organização e nosso principal fator é e sempre será o BAILARINO(A). Eles sempre serão o centro de nossas atenções e para cada um deles devem ser nossas reverências. Em dois finais de semana foram nove workshop’s de altíssimo nível. Banca de jurados de excelência. Toda uma equipe voltada ao respeito aos grupos e cias. de dança. Por fim, 270 coreografias e mais de 2300 bailarinos e dançarinos passaram pelo palco da Sala Palma de Ouro em quatro dias de competição. Tudo apresentado dentro de um cronograma pré-estabelecido e possível. Sem atropelos e com muito respeito. Começamos sempre no horário e terminamos rigorosamente no previsto. Assim, todos ganharam independente dos resultados!
Resta-nos então agradecer a cada um de vocês - patrocinadores, apoiadores, cias. & grupos e principalmente, a todos os bailarino(a)s - que colaboraram para que o Salto Fest Dance 2019 - 17º Encontro Latino Americano de Danças fosse o sucesso que foi. Agradeço ainda ao Gustavo Badaró, responsável pelo som; Érika Teruya pela coordenação dos camarins e bastidores e; Jéssica Sório, pelo apoio e coordenação da banca de jurados. Aos secretários municipais Eliano Apolinario Paula Apolinario e Sandro Bergamo que emprestaram o apoio logístico ao evento e ainda à Valéria Malimpensa pela apresentação Por fim, agradeço a minha esposa Fátima Sório pelo incansável trabalho da coordenação geral do evento.
Com muita felicidade digo: Muito obrigado a todos... Reverencias especiais a cada um dos grupos e cias. de dança, eles foram os verdadeiros responsáveis pelo sucesso do festival. 
O Salto Fest Dance 2020 já tem data prevista, acontece novamente em dois finais de semana (28, 29 e 30 de agosto; 3, 4, 5, 6 e 7 de setembro). Anotem em seus caderninhos, site totalmente renovado em 15 de novembro deste ano e inscrições antecipadas a partir de então...
Até lá então...

20 de agosto de 2019

Onde e o quê degustar na Estância Turística de Salto...


Além das atrações históricas e das belezas naturais - que são muitas, vamos falar sobre isso num dos próximos comunicados -, os bailarinos, dançarinos, coreógrafos e visitantes do Salto Fest Dance 2019 - 17º Encontro Latino Americano de Danças, não pode deixar de apreciar os sabores do tradicional quitute da cidade: a EMPADA FRITA. Por se tratar de uma tradição culinária tipicamente saltense, a iguaria foi declarada bem de valor cultural. A data de origem da receita da empada frita de Salto permanece incerta. O que se sabe é que uma das mais conhecidas precursoras no seu preparo foi Diamantina Andriolli, mais conhecida como Dona Nena. Pesquisas indicam que na década de 1940 as 'empadeiras' preparavam esses quitutes, já muito apreciados na época. Essas delícias caseiras eram então vendidas, nas ruas da cidade, por meninos que as levavam ainda quentes em cestos de vime cobertos por guardanapos de tecido. Por mais de meio século desenvolveu-se o hábito de abastecer os bares e lanchonetes do município com as empadas nos tamanhos grande, tradicional ou pequeno, este último entregue às dúzias e centenas. Em agosto de 2007, a empada frita foi declarada um bem cultural de Salto por meio de decreto municipal. 

A receita da empada frita foi passando de geração em geração, de empadeiras para aprendizes. Atualmente, muitas mulheres da cidade se dedicam ao preparo da empada e utilizam basicamente os mesmos ingredientes, preservando a tradição local. Os recheios mais tradicionais e de maior sucesso são os de frango e de palmito, mas há também outras opções. No foyer da Sala Palma de Ouro fica o Cannes Café, que deverá disponibilizar para todos esse quitute. Também no RESTAURANTE E PIZZARIA SCALLET, vocês a encontrarão. Vale a pena um degustação pois realmente são deliciosas.

Os restaurantes, pizzarias, padarias e cafés que apoiam o Salto Fest Dance 2019 podem ser conferidos AQUI . Fizemos contato com cada um deles para que - além de suas qualidades nos produtos servidos e presteza no serviço de atendimento - pratiquem um ótimo preço para grupos e cias. de dança. Solicitamos que todos dêem uma atenção especial às essas NOSSAS INDICAÇÕES, pois eles efetivamente colaboram com nosso festival. Vale a pena um contato antecipado para fechamento de pacotes de refeições.

Durante todo o dia e até o termino de cada noite, o CANNES CAFÉ, no foyer do teatro estará servindo café, salgadinhos, lanches naturais, refrigerantes, cervejas e sorvetes. Para os almoços temos os excelentes VILLA DA BARRA (pratos executivos); NIKI RESTAURANTE CASEIRO (self service); SCALLET RESTAURANTE E PIZZARIA (Self service no almoço, pizzas e pratos à la Carte no jantar); EMPÓRIO DA NONNA PADARIA E RESTAURANTE (café da manhã e almoço), todos bem perto do teatro. Para quem ficar hospedado no Salto Plaza Hotel, a opção é o RESTAURANTE CENTRAL PARQUE GOURMET. Para o jantar, SALTO PIZZAS (pizzaria somente no jantar com delivery). 

Outra atração tradicional da cidade, que acontece paralelamente ao festival, é a FESTA DO SALTO. Ela comemora o dia da Padroeira da cidade, Nossa Senhora do Monte Serrat e suas atrações acontecem no entorno da Igreja Matriz Nossa Senhora do Monte Serrat e na Praça Archimedes Lammoglia com comidinhas e petiscos de festa. Se houver tempo, vale a pena visitá-la. 

23 de julho de 2019

A quem interessar possa:


O Salto Fest Dance - Encontro Latino Americano de Danças mantém parceria internacional com o Aveiro Festival Dance, importante festival de danças europeu, que acontece em Aveiro, uma das cidades mais charmosas de Portugal. Com 80 mil habitantes, ela é carinhosamente chamada de  'Veneza de Portugal' por conta dos canais que a cortam e dos barcos conhecidos como 'moliceiros'. O festival acontece no charmoso Teatro Averiense, bem no centro da cidade e reúne milhares de bailarinos de toda a Europa.

A nível internacional também firmamos parceria com o Residência Mercosur, importante entidade comandada pelo amigo Sergio Berto, que realiza cursos de inverno e verão no cone sul da Latino América. 

No Brasil, mantemos parceria com os festivais Ribeirão Internacional Dance Festival (Ribeirão Preto/SP); Belém Dance Festival (Belém/PA); FENDA (Terezópolis/RJ); Grand Prix Faces de Dança (Rio de Janeiro/RJ) e com o Seminário de Dança Arte Minas (Belo Horizonte/MG). Ainda cedemos inscrição gratuita para a melhor coreografia do American Dance Festival (Americana/SP), da Mostra Ituana de Danças (Itu/SP) e do Mogi das Cruzes em Dança (Mogi das Cruzes/SP).

Qualquer outro festival, curso e/ou seminário que use indevidamente o nome do Salto Fest Dance - Encontro Latino Americano de Danças, estará usando de má fé, pois não há nenhum procedimento ou tratativa acertada. Nossa intenção está direcionada à um festival de danças ético e honesto, voltado exclusivamente aos bailarinos e dançarinos.