Jurados

A Banca de Avaliação na Mostra Competitiva do Salto Fest Dance 2018 - 16º Encontro Latino Americano de Danças será composta por profissionais com ilibada competência e de renome no mundo da dança. Todos com formação em danças nas suas mais variadas modalidades, o que permitirá uma análise precisa e incentivadora. Serão eles, os responsáveis em avaliar e analisar cada uma das coreografias  e interagir com comentários e dicas para com as cias. e grupos participantes. 

A eles então: 
BRUNA NASCH


(Sapateado Americano, Sapateado Irlandês e Street Dance)
Bailarina, sapateadora e coreógrafa, educadora física graduada pela faculdade FEFISO - da ACM, iniciou os estudos clássicos aos 6 anos. Seguiu os estudos com diversos professores renomados até sua formação clássica pela RAD - Royal Academy of Dance, em Londres. Especificou seu trabalho em técnicas e metodologias infantis com os professores internacionais Luiz Carlos Nogueira e Pamela Richardson. Iniciou os estudos de Sapateado Americano aos sete anos e teve como professores Yara Ramos, Charles Renato, Christiane Matallo, Luyz Baldijao, Steven Harper, Kika Sampaio, entre outros. Teve como mestres de Danças Urbanas Frank Ejara, Vanessa Bueno Godoy, Tatiana Sanches, Octávio Nassur, Buiú entre outros. Hoje, atua como professora e coreógrafa de Ballet Clássico e Sapateado Americano na Escola de Dança Rita Camilo, em Guarulhos.

EDER CARDOSO 

(Generalista, Jazz Dance, Danças Afro, Danças Populares e Danças Árabes)
Atua como Bailarino, coreógrafo e professor de dança comemorando 40 anos de carreira na dança, estando 30 anos no exterior. Iniciou os estudos na Escola de Bailados Municipal de SP e  graduado  Julliards em NY. No Brasil teve aulas com os mestres Josie Leao,Gil Saboia, Ismael Guiser,Yoko Okada, Ricardo Ordonez, Marika Gidalli, Clarisse Abujamra, Sonia Mota, Suzana Yamauchi, Joyce Kerman, Rose Calheiros, Regina Dragone, Marli Tavares, Leni Dale, Jo Jo Smith, Redha Benteifour,Instan Rabovisk entre muitos outros. Apresentou-se para sua Santidade o Papa João Paulo II, a convite do vaticano na Basílica de São Pedro. Participou da abertura do Fantástico na Rede Globo além de vários programas de tv no Brasil e Exterior, e comerciais como caderneta de poupança Haspa,Guaraná Antartica, Lojas C&A, Supermercados Jumbo Eletro,Sorvetes Kibon, Balas Supra Sumo, Papel Higienico Primavera e outros. Participou como bailarino e coreografo de várias Cias. de Dança como, Jazz Movimento direção de Breno Mascarenhas, Cia Profissão Dançar direção Rose Calheiros e Regina Dragone, TBD Teatro Brasileiro de Dança direção Clarisse Abujamra e Val Folli, Brazilian Folies, Plataforma 1.No exterior atuou nos paises: Argentina, Japão, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Grécia, Turquia, Portugal,França, Atuou nas operas Treemonisha de Scott Joplin, Carmem de Bizet, Rigoletto de Giuseppe Verdi,Colombo de Carlos Gomes no Teatro Municipal de SP, atuou como professor, bailarino e coreografo, recebeu vários prêmios: Mãos e Mentes que Brilham referente aos 35 anos de dedicação a dança, O Homem do Ano 2009 setor artístico, dentre outros mais no Brasil e exterior. De 2009 a 2010 comandou o Programa Dançando com Eder na TV Mundi onde a cada programa levava com seriedade uma pauta sobre um estilo de dança. No ano de 2011 foi convidado para atuar como bailarino sob a direção de Dimitris Danis na Abertura do International Arts Festival em Istambul. Hoje no Brasil e Exterior atua como professor de Jazz, como Jurado no Salto Fest Dance, em Salto; Litoral Dance, em São Sebastião; Dança Ubatuba, em Ubatuba e no Festival Norte de Dança, no Porto em Portugal e ainda como Coaching de dança e Coreografo. Foi homenageado em 2016 com o Premio Mérito pelos 40 anos de carreira dedicados à dança.

ISABEL MARGARIDA MARTINS

(Ballet Clássico, Moderno, Neoclássico<
Formada pela Royal Academy of Dance, é também Instrutora Fitness International (IFI) e Instrutora Internacional de Body Training Systems. É a responsável pelo Norte Festival Dance, que acontece na Cidade do Porto, em Portugal (antigo Festival de Dança de Viana), já na sua 18ª edição considerado um dos melhores festivais de dança da Europa. Iniciou seus estudos aos 6 anos na Academia de Bailado Primin Trecu, onde permaneceu durante 12 anos, efetuando os exames da Imperial Society of Dancing. Em 1981, frequenta a Academia Fátima Vale da Veiga, onde dança em vários espectáculos do Ciclo Portuense de Òpera. Em 1984, frequenta o Curso de Verão da Companhia Nacional de Bailado e é convidada a leccionar no Clube de Judô de Viana do Castelo. Em 1985, frequenta o Curso da Royal Academy of Dancing, tendo como professora Jean Mcdonnel e ainda o 1º Curso de Verão Primin Trecu, onde trabalha com Sheila O. Reilly e Eurol Puckering. Neste ano é convidada para leccionar no Porto Academia Teclado. Em 1986, funda a Academia de Bailado, seguindo o método de ensino da Royal Academy of Dancing, submetendo anualmente suas alunas a exames. Assiste ao 2º Curso de Verão Primin Trecu, trabalhando com Mónica Saez. Em 1987, desenvolve sua formação em diversos Workshops de Dança Africana, Afro-Brasileira e Dança Contemporânea. Em 1988, lecciona na Caius Music na cidade do Porto. Neste ano vai a Londres e finaliza o Curso para professores da Royal Academy of Dancing, trabalhando com Herida May. Em 1995, leva duas atletas ao Campeonato Nacional de Aérobica e, em 1996 formaliza contrato com o Ginásio Moreira de Sá como professora de Aérobica e com o Maia Club como professora de Dança Clássica. Em 1997, coreografa a 'Menina do Mar'  para o Teatro de Noroeste e coreografa dois  esquemas  para o Campeonato Nacional de Patinagem Artística, para a Escola Desportiva de Viana do Castelo. Em 1998, sua formação é enriquecida na Inglaterra com o Curso Fundamentals of Classical Technique e com o Seminário para Professores de Dança Clássica Método Russo “Vaganova”. Em 1999, realiza o 1º Festival de Dança de Viana e cria o projeto DANÇA NAS ESCOLAS com o intuito de divulgar a dança no Norte de Portugal. Em 2000 funda a APAM - Associação para a Arte e Movimento na qual é presidente e a Companhia de Dança Gau Martins sendo sua diretora Artística até 2005. Continua a desenvolver sua formação em workshops de Hip-Hop, Funk e Danças Latinas. Em 2001, coreografa para a Companhia Gau Martins, e fica presidente da Cooperativa Casa das Artes, continuando a leccionar Dança Clássica, Dança Moderna, Jazz, Dança Kids, Pilates, Body Balance, Body Combat, Body Pump, Localizada e Hidroginástica. Paralelamente como bailarina e instrutora participa  em  espetáculos e demonstrações. Em 2006, é convidada para a direção Cultural do Café Teatro em Viana do Castelo, onde produz espetáculos de dança, música, exposições de pintura, coordena e coreografa desfiles de moda. Em 2007, lecciona na Escola de Ballet de Leça da Palmeira e Solmaia Ginásio. Em 2008, fica Diretora Pedagógica da Academia de Dança Joana Reis e Diretora Artística de Bodyland Escola de Dança. Coreografa o espetáculo criado para o Natal de 2007 para a Câmara Municipal do Porto. Cria o Projeto Cultural Dança, liderado pela APAM, executado em sete escolas básicas na cidade do Porto, onde aos alunos é oferecida a oportunidade de aprender uma ampla gama de técnicas e estilos dança, incluindo hip hop, dança contemporânea, ballet e Jazz. Em 2009, cria o Projeto PortoDança e a APAM Escola de Dança que realiza regularmente ao longo do ano letivo vários espetáculos, onde os alunos têm a oportunidade de se apresentarem aos amigos, familiares e outros alunos de dança. É a jurada que representa o Norte Festival Dance, um dos principais festivais da Europa, no Salto Fest Dance 2017.

FÁBIO ALCANTARA


(Dança Contemporânea)
Coreógrafo e bailarino. Coreógrafo residente da Companhia Ateliê Contemporâneo Cia de Dança - MA. Coreografou o Balé Cidade de TAUBATÉ - SP com a obra ‘O que tinha que ser’, em 2016. Prêmio de melhor bailarino NFD International Dance Competition 2017, na cidade do Porto - Portugal. Ministra workshops em festivais nacionais. Atuou como bailarino das seguintes cias. de dança: Faces Ocultas Cia. de Dança - SP;  Damz Cia de Dança - RJ; Balé da Cidade de Taubaté - SP. Participou como bailarino em diversos festivais nacionais e internacionais e também na Gala do Theatro Municipal de São Paulo. Começou pelo Salto Fest Dance 2017 sua carreira como jurado de festivais.